quarta-feira, 9 de julho de 2014

Gaita de boca


A gaita de boca ou harmônica, é um instrumento de sopro de palhetas livres. Esta denominação indica que o instrumento tem várias palhetas. Um conjunto de palhetas vibra quando se sopra e outro quando se aspira. Em algumas gaitas, como é o caso da gaita baixo, as notas são somente sopradas, mas esta é uma rara exceção.

Na gaita de boca, a forma como se sopra, altera o pitch da nota, ou seja, sua afinação.


No caso da gaita diatônica de 10 orifícios, é preciso mudar a forma como se sopra para se produzir algumas notas. Este modelo de gaita possui 20 vozes (palhetas), mas com mudanças na coluna de ar a partir de movimentos da língua e da garganta, é possível produzir mais 12 notas no instrumento, que soma um total de 32 notas.

As palhetas da gaita de boca são filetes de metal ultra finos, rebitados sobre uma placa de metal medindo aproximadamente 1mm de espessura, vazada com ranhuras de medidas quase iguais as palhetas. Cada gaita de boca, em geral, tem duas destas placas, denominadas placa de vozes. Uma placa serve às palhetas sopradas, a outra às aspiradas. As duas placas são fixadas ao corpo da gaita de boca, que pode se assemelhar a um pente. O conjunto dessas três peças (corpo, placa soprada e placa aspirada) chama-se combo e, é ele que dá forma aos túbulos por onde a coluna de ar circula. O combo é coberto por chapas de metal recurvadas, chamadas tampas, que dão a gaita de boca seu formato final. Estas tampas geralmente são cromadas para que os lábios deslizem sobre elas com mais facilidade.

A família das gaitas de boca é enorme. No decorrer de seus quase 200 anos de história, surgiram e ainda surgem muitas variações do mesmo instrumento musical, como: gaita diatônica de 10 orifícios, gaita diatônica tremolo, gaita diatônica octave, gaita cromática, gaita cromática tremolo, gaita acorde, gaita baixo, entre muitas e muitas outras.

Aprenda a tocar gaita! Visite:

Nenhum comentário:

Postar um comentário