sexta-feira, 31 de agosto de 2012

Série de entrevistas Gaita-L (Kenji)


O Gaita-L foi a primeira lista de discussões sobre gaita. Surgiu em meados dos anos 1990, quando a internet também começava no Brasil. Primeiro no Yahoo Grupos, depois no Grupos.Br, no Google Groups, Orkut e atualmente no Facebook.

A lista foi inspirada no Harp-L, a famosa versão norte-americana, que agrupa milhares de aficionados de todo o mundo. Mais modesta, mas tão bem sucedida quanto, a lista brasileira divulga muita informação e é responsável pelo aprendizado de um bom número de gaitistas.

Muitos dos primeiros integrantes da lista ainda estão lá, eles contaram um pouco da relação que tiveram e ainda tem com a Gaita-L, o ponto de encontro mais importante da gaita brasileira na internet!



Leonardo Kenji, de BH, Gerente de Projetos na Spread, dinossauro na Gaita-L, fala sobre:

A gaita...

"É minha fonte de diversão, que cabe no bolso, tanto em tamanho quanto em preço. Me trouxe muitos bons momentos e excelentes amizades que duram até hoje."

A Gaita-L...


"Entrei bem no começo da lista porque era nerd e tinha facilidade com a web. Foi uma forma de encontrar outras pessoas que também gostavam aqui em BH. Com o tempo, a coisa engrenou e começamos a fazer amizades com gaitistas de outros estados. Por alguns anos, tentei ajudar como pude a divulgar e promover a gaita dentro das minhas possibilidades, de forma bem amadora, mas sincera. Foi antes de tudo, uma época muito divertida. Recomendo a todos que tentem.
"Tive muitos problemas com a expectativa que eu criava das coisas. Se eu tivesse esperado um pouco menos de cada evento, talvez eu tivesse me divertido ainda mais." 

Bons tempos...

"O primeiro bluesmobile, que era como chamávamos a van alugada que levava vários gaitistas daqui para shows em SP. Foram 2 bluesmobiles, mas o primeiro foi mais marcante porque foi quando pudemos conhecer ao vivo e à cores as pessoas que só conhecíamos por email."

"Sobre o gaita-l, tenho saudade dos cds do gaita-l. Era outra época, então fazia sentido essa coisa de fazer um cd e mandar pelos correios. Hoje, com youtube, a velocidade ficou diferente, não existe mais a dificuldade de difundir o instrumento. Aliás, eu até diria que hoje em dia não tem desculpa para a pessoa não conhecer, pq o acesso ficou muito fácil. O problema é que o acesso de tudo ficou muito fácil e é um mundo de assuntos que disputam o interesse e o tempo de cada um."


Amizades gaitísticas...

"As amizades no gaita-l costumam ser fáceis de acontecer, porque as pessoas já começam por uma paixão em comum, então sempre se encontra muita simpatia desde o início. Isto favorece bastante as amizades. Sem contar que é um momento que cada um reserva para sua diversão, então já estão todos predispostos a se divertir."
"Me diverti muito com a coisa toda. Hoje ando meio sem tempo, com mais responsabilidades, então meu foco pessoal foi para a família e para o trabalho. Mas acho que em alguns anos, eu volto a me dedicar novamente aos assuntos gaitísticos ;-)."

"Os encontros cara-a-cara são fundamentais, especialmente quando começam a surgir pequenas implicâncias, que são naturais da forma impessoal da web de se comunicar. Com 1 chopp num encontro de verdade, resolve-se muito conflito e muito mal entendido. E da mesma forma, ajuda a fortalecer os laços de amizade.Acho que antes da gaita, as pessoas devem procurar cultivar as amizades, porque vale a pena."

Nenhum comentário:

Postar um comentário