terça-feira, 27 de novembro de 2012

Academia da Gaita


Em breve, todo o Brasil poderá contar com uma escola de gaita online. A proposta é inédita no país, mas já tem história de sucesso em empreendimentos semelhantes em outros países. 

O aluno da Academia da Gaita tem acompanhamento constante do professor. O estudante vai poder assistir vídeo-aulas, praticar onde e quando quiser, então poderá enviar seu vídeo para o professor que lhe orientará através de uma vídeo-resposta personalizada!

Estão sendo terminados os últimos ajustes para lançar a versão de testes. Os interessados em participar desta primeira fase, ganharão um super desconto durante todo o curso. 

São pouquíssimas vagas para a versão Beta!

quinta-feira, 1 de novembro de 2012

Série de entrevistas Gaita-L (Bresslau)


Fernando Bresslau, participante super ativo do Gaita-L desde 2000, entre amante e profissional da gaita, conta suas vivências virtuais e presenciais na lista de discussão mais antiga sobre gaitas: 

A gaita na vida de Bresslau...

"...começou como hobby, virou emprego e, agora, é hobby novamente. Hoje em dia, continuo carregando um gaita todo dia no meu bolso. Ou numa pequena pochete do extinto site Harponline.de. Tocar, que é bom, toco muito pouco. Estou sem banda no momento e, vivendo na ponte área RJ-SP, não teria como manter ensaios regulares."

As Listas de discussões...

"A Gaita-L foi fundamental, inicialmente, para eu aprofundar meus conhecimentos sobre gaita. Em todas as áreas. Ao mesmo tempo, foi um ótimo meio para conhecer outros gaitistas brasileiros que se tornaram grandes amigos. Através da Gaita-L e outras listas de discussão sobre gaita no mundo como a Harp-L e a Harpchat, construí uma rede de conhecidos que acabei encontrando pessoalmente nos últimos anos: Hong Kong, França, República Tcheca, Holanda, Bélgica, Inglaterra e Escócia, Canadá, Estados Unidos. Foi através das listas, no final das contas, que consegui o contato com a Hohner que rendeu a minha estadia de dois anos e meio trabalhando para a fábrica em Trossingen."


Momentos marcantes...

"... a primeira viagem para o lançamento do CD 'do Gaita-L' em Belo Horizonte, foi muito legal! Mas os festivais internacionais no SESC Pompéia e os encontros do Gaita-BS 'lista de discussões da Baixada Santista' também sempre foram especiais. Lembro de um encontro, acho que na baixada, em que demonstrei, em uma gaita chinesa com chapas de vozes de alumínio, como trocar uma palheta e prendê-la com parafusos. Nesse momento, alguém comentou: "Pô,Bresslau, você deveria trabalhar na Hohner.". Pois é, acabou acontecendo."

Conexões gaitísticas...

"Eu já planejei duas viagens de vários dias ficando em casas de amigos gaitistas. Foram viagens pela Alemanha, Holanda e Bélgica, não no Brasil. Mas demonstram claramente como um interesse em comum e o contato via internet podem forjar amizades e confiança mútua muito fortes. Outro exemplo mais recente foi a minha ida a Fortaleza, onde o Diogo Farias foi me buscar no aeroporto, me alimentou e ainda fez um tour pela cidade! Também recebi amigos gaitistas em casa, e sempre foi muito legal. Por exemplo, durante o Festival Internacional da Harmonica em Trossingen de 2005, recebi o Rodrigo Eisinger, o Ludo Beckers e o Tinus Koorn no meu apartamento, para horror dos donos da casa :) Ou então, a Clara, que foi me visitar em Hamburgo. 
Quanto a encontros, tive a sorte de ir a vários, em lugares diferentes: Asia Pacific Harmonica Festival em Hong Kong, 2004, dois festivais itnernacionais em Trossingen, alguns festivais (Mundharmonika Live) em Klingenthal, também na Alemanha, cidade da Seydel, os Masters Workshops do Steve Baker também em Trossingen, Harmonicas sur Cher na França, NHL em Bristol, Inglaterra e um festival mais recente na Bélgica. No Brasil acho que foi onde fiz mias amigos mais rapidamente. O primeiro foi uma noite só de gaitistas no Delta Blues Bar onde conheci muitos dos que só conhecia via e-mail até então. Show diversos no Centro Cultural São Paulo. A fantástica Jam Session do Sérgio Duarte toda terceira quinta-feira do mês no Mr. Blues, os divertidíssimos lançamentos do CD da Gaita-L em Belo Horizonte, Santos, Rio de Janeiro. Os festivais internacionais do SESC Pompéia já mencionados. As Feiras da Música em São Paulo. Os Blus 'n' Beer da Gaita-BS.
Já falei que amizades são muitas. E que acho ótimo que a internet permite que nos conheçamos muito bem, mesmo à distância. Um exemplo muito legal é recente: há duas semanas vi no Facebook do Staneck que ele iria tocar na Ilha de Paquetá. peguei a barca e fui lá. Além de conhecer um lugar legal e ouvir ótima música, o papo foi instantâneo: "ah, você é o Bresslau? Que legal conhecê-lo pessoalmente finalmente." E pronto, a conversa continua com uma espontaneidade muito grande."

quarta-feira, 10 de outubro de 2012

Para quê estudar escalas musicais?

Escalas são sequência de notas ascendentes e descendentes, que tem início em uma nota e, final, na repetição desta nota, uma oitava acima. O que define uma escala, é a disposição de seus intervalos, a distância entre cada uma de suas notas. Assim, por exemplo, uma escala poderá ter determinadas notas quando tem início em C e, notas diferentes quando tem início em Ab, no entanto, sua estrutura nunca muda. Como resultado, independente de sua tonalidade, a melodia de uma mesma escala é sempre igual.

Elas deram origem aos acordes, que são constituídos da seleção de algumas notas (arpejos), de uma única escala, além disso, também são a matéria prima para a construção das melodias. É comum que um determinado estilo musical tenha como propriedade o uso de uma determinada escala, que o caracteriza, por exemplo: a escala pentatônica blues para o Blues, as escalas bebop para o Jazz, ou o mixolídeo com quarta aumentada para o Baião.

Deve-se tocar escalas, para que os caminhos melódicos se tornem previsíveis. Ao estuda-las, as passagens de notas ficam mais orgânicas, fluem melhor. Melhora o reconhecimento de intervalos, o que pode ajudar o estudante a tirar melodias de ouvido. É parte fundamental do estudo da improvisação!

É importante que sejam estudadas em todos os tons, com o uso de um metrônomo e com rítmicas variadas. Também, devem ser tocadas com diferentes padrões (mudanças na ordem das notas). Uma dose de escalas todos os dias faz toda a diferença para quem quer melhorar seu som no instrumento!

Bom estudo!


sábado, 29 de setembro de 2012

Nível pré-intermediário III

O mais recente nível publicado, fala sobre formas Blues, onde são explicadas as principais progressões de acordes do estilo, que podem ser escutadas na vídeo-aula. Além disso também convida os estudantes a improvisar sobre diferentes bases através dos novos Blues Didáticos, que têm levadas rítmicas de Blues variadas e harmonias diferentes, com sugestôes de idéias melódicas que preparam  os estudantes para estas novidades harmônicas.

Bom estudo!

quinta-feira, 27 de setembro de 2012

Gaita Brasileira na África


O gaitista carioca Jefferson Gonçalves conta sobre sua experiência na África e convida a todos a participar de seu mais novo projeto - por Fernando Xavier 


 Jefferson, você foi convidado três vezes para ir ao Sennegal, onde tocou e ensinou gaita, que lugares tocou, com quem?
A 1º vez foi no ano de 2008 fui eu e Kleber Dias para tocar no Senegal Folk Festival, o convite partiu do Grupo Lé Freres Guissé e da embaixadora do Brasil no Senegal: Katia Gilaberte. No ano seguinte (2009), voltamos para o Senegal fazendo parte do projeto "Raízes", que contou com o apoio do Ministério das Relações Exteriores do Brasil, dessa vez a bailarina Juliana Longuinho fez parte da equipe, fizemos apresentações nos Festivais Kaay Fecc, Sene Folk Fest e ministramos oficinas de dança, gaita e luteria para crianças carentes e estudantes de música. No mesmo ano, ainda pelo projeto Raízes, trouxemos para o Brasil, para à cidade de Nova Olinda, no interior do Ceará, o trio musical senegalês "Les Frères Guissé" e o bailarino Tchebé Bertrand Saky, da École des Sables, localizada em Toubab Dialaw, a cerca de 100 km de Dacar, para oficinas de música e dança africana com as crianças da Fundação Casa Grande.




Em 2010, novamente com o apoio do Ministério das Relações Exteriores, voltamos para ministrar oficinas de formação de formadores em dança em tecido acrobático (Juliana Longuinho), gaita (Jefferson Gonçalves) e

luteria (Kleber Dias), o que permitiu o desenvolvimento de um pequeno atelier de luteria na Escola de Música de Dacar e a continuidade do trabalho com crianças carentes, por meio dos professores senegaleses
que agora se beneficiam dessa formação. Dessa vez aproveitamos a ida para gravar um video clip de uma versão de Asa Branca e a música tema do projeto, que faz parte do meu CD "Encruzilhada".

Fomos muito bem recebidos, nossa música agradava a todos pelas melodias e principalmente pelos ritmos nordestinos. 
Saiba mais sobre o projeto nos links:



Nunca tive notícia de gaitistas daquele país, fico curioso em saber se você encontrou algum por lá...



Engraçado, todos os gaitistas que conheci eram bem amadores, todos tocavam bem intuitivamente, mas um cantor chamado Ismaël Lô fez um arranjo para uma música tradicional Senegalesa chamada Tajabone e

ficou muito famosa, toquei essa música com o grupo Les Fréres Guissé no Senegal Folk Festival e na primeira nota da melodia o público vinha abaixo, as vezes andando pelas ruas eu pegava a gaita e tocava a melodia de Tajabone, e logo aparecia alguem cantando e sorrindo, era muito divertido! 

O único gaitista profissional que conheci no Senegal foi o Damien Masterson, inglês que roda o mundo pesquisando música, ele já esteve aqui no Brasil, morou em São Paulo e gravou um CD muito bom, ele fala várias línguas e além de grande músico  é uma pessoa incrivel, fui na casa dele no Senegal e passamos algumas horas tocando e conversando muito, foi uma tarde muito boa!



Da sua bagagem musical, você deixou por lá diversas coisas, pois conte o que trouxe desta viagem?

Muitas histórias e momentos felizes tenho registrado em minha cabeça e coração, foram viagens incríveis, cada ano era um local diferente e pessoas diferentes que conhecia, conheci vários músicos, artistas e principalmente as pessoas que trabalhavam com a gente, que hoje considero amigos, apesar de não falar a mesma língua, a sintonia foi ótima, fui muito bem recebido, sinto saudades desse tempo e pretendo voltar. 

Voltei com muitos instrumentos de percussão que hoje são usados nos meus shows e gravações e principalmente tive uma lição de vida muito grande, falo com absoluta certeza que conhecer um pedaço da África foi ótimo para meu amadurecimento musical.


O que você nunca esquecerá?


Lembro de um dia, que estava na ilha de Goré e fui abordado por um artista/músico querendo vender seus trabalhos, ele arranhava inglês e em determinado momento falou que tocava percussão, puxou do bolso
um instrumento que eles chamam de maracas senegalesas e começou a fazer um groove muito bom, puxei minha gaita do bolso e ficamos tocando por um tempo, no final ele me deu as maracas e passou o e-mail
dele para enviar as fotos, dei meus cds de presente e me despedi, voltei para o Brasil e depois de muito tempo toca o telefone da minha casa, quando atendo escuto uma voz muito rouco com um inglês muito
ruim falando que era o meu amigo senegales que estava esperando as fotos e que tinha adorado minha música, ele chegou a cantarolar umas melodias do CD, fiquei super feliz e quando desliguei o telefone foi
que tive noção do que a gaita já tinha proporcionado para mim, isso realmente não tem preço!


Você irá lançar um DVD, conte um pouco e diga como os interessados poderão participar do projeto...


Estou com o projeto para gravar meu primeiro DVD, minha idéia é fazer um produto com qualidade e tentar colocar alguns registros das minhas viagens pelo Brasil e pelo mundo no making off, para isso sair do modo
que eu quero é necessário um investimento alto de dinheiro e como sou independente resolvi entrar no sistema de 'crossfunding', na verdade isso nada mais é que um sistema colaborativo de investimentos de
pessoas jurídica e física, ou seja, os amigos e fans apoiam o projeto. Para saber o valor das cotas e o que recebe em troca do apoio, acesse o link: http://www.sibite.com.br/Projeto/ProjetoDetalhe.aspx?IdProjeto=190

Fotos: Juliana Longuinho

sexta-feira, 14 de setembro de 2012

O que é Blues Shuffle?

Shuffle é uma levada rítmica inconfundível, é a mais usada no estilo Blues. Nela, cada tempo é quebrado em três partes, subdivisão denominada tercina, na qual sua segunda parte é uma pausa:

1, 2, 3

Improvise muito junto com o Blues Shuffle abaixo! Este está em A (Lá), outras tonalidades no canal.





terça-feira, 11 de setembro de 2012

Blues Rock (quick change)

A base a seguir é um Blues Rock, com colcheias retas, ou seja, sem tercinas, cada tempo é dividido igualmente por dois. É um Blues de 12 compassos do tipo quick change, pois o IV7 aparece no segundo compasso (assista a aula sobre a Forma Blues). Improvise a vontade! Bom estudo!


Estude com esta mesma base em outras tonalidades: jam tracks


domingo, 9 de setembro de 2012

Boogie

O Boogie é um estilo de Blues mais acelerado e dançante, com linhas de baixo bastante marcantes. Por volta dos anos 1950, era comum nas aberturas de apresentações de gaitistas blueseiros, que fosse tocado um Boogie instrumental. A música Juke de Little Walter é um bom exemplo do estilo.

Toque junto com a jam track (faixa de acompanhamento) o Boogie em G:





quarta-feira, 5 de setembro de 2012

Série de entrevistas Gaita-L (Benê)

Benê Chiréia, de Curitiba PR, gaitista profissional, peça importante no cenário nacional, fala sobre sua relação com a gaita e a Gaita-L, grupo de discussão sobre gaita mais antigo da internet brasileira:

O início...

"Comecei a aprender gaita aos 17 anos, para os padrões do estudo da música, comecei já 'velhinho' e em poucos meses já havia decidido que esta seria minha profissão. Desde então dedico minha vida profissional a gaita de boca, seja tocando, gravando ou dando aulas."


A lista...

"Quando a gaita-l nasceu, década de 90, a quantidade de informações na Web era muito restrita e os poucos integrantes no começo foram a única fonte de informação que nós gaitistas tínhamos. Em paralelo a Harp-l americana também abriu muitos horizontes de informação."


Antes via e-mail e hoje no Facebook...

"Lembro que a idéia inicial foi do Christian Dechery que criou a lista que era distribuida por email pelo site grupos. Uns 3 anos atrás a lista perdeu fôlego nesse formato de e-mail e tive a idéia de transportar o formato para o Facebook que permitia mais liberdade de navegação e a possibilidade de incluir links, fotos e vídeos. Hoje acho que a lista está mais dinâmica e sua força voltou pois temos mais de 300 seletos participantes. Também fico sempre monitorando o foco principal que é a gaita não permitindo posts que não tenham um conteúdo gaitístico."


"Talvez hoje exista um policiamento muito grande com relação ao politicamente correto que antes não existia. Também me parece que hoje as relações são muito superficiais e restritas ao mundo virtual. Antigamente as pessoas se encontravam para festas, encontros e principalmente para ir prestigiar os colegas em shows diversos... Hoje o pessoal apenas 'curte' o post e não levanta do sofá nem pra ir na esquina..." 

Importante...

"Sem dúvida nenhuma a possibilidade de conhecer, virtualmente e fisicamente diversos gaitistas espalhados pelo Brasil. As discussões efervescentes que rolaram também tem um espaço nessa memória, além das situações cômicas que sempre aconteceram na lista."

segunda-feira, 3 de setembro de 2012

A Forma Blues

A Forma de uma música, é a sua disposição de partes e repetições, ou seja, sua estrutura. A Forma Blues na maioria das vezes é muito simples, consiste em apenas uma parte que se repete ao longo de toda a música. Existem muitas variações para a progressão de acordes, a mais presente nas composições de Blues tradicional é a forma de 12 compassos. No vídeo a seguir, você poderá ver e ouvir esta e algumas outras que estão presentes nos repertórios de muitos músicos deste estilo.






sexta-feira, 31 de agosto de 2012

Série de entrevistas Gaita-L (Kenji)


O Gaita-L foi a primeira lista de discussões sobre gaita. Surgiu em meados dos anos 1990, quando a internet também começava no Brasil. Primeiro no Yahoo Grupos, depois no Grupos.Br, no Google Groups, Orkut e atualmente no Facebook.

A lista foi inspirada no Harp-L, a famosa versão norte-americana, que agrupa milhares de aficionados de todo o mundo. Mais modesta, mas tão bem sucedida quanto, a lista brasileira divulga muita informação e é responsável pelo aprendizado de um bom número de gaitistas.

Muitos dos primeiros integrantes da lista ainda estão lá, eles contaram um pouco da relação que tiveram e ainda tem com a Gaita-L, o ponto de encontro mais importante da gaita brasileira na internet!



Leonardo Kenji, de BH, Gerente de Projetos na Spread, dinossauro na Gaita-L, fala sobre:

A gaita...

"É minha fonte de diversão, que cabe no bolso, tanto em tamanho quanto em preço. Me trouxe muitos bons momentos e excelentes amizades que duram até hoje."

A Gaita-L...


"Entrei bem no começo da lista porque era nerd e tinha facilidade com a web. Foi uma forma de encontrar outras pessoas que também gostavam aqui em BH. Com o tempo, a coisa engrenou e começamos a fazer amizades com gaitistas de outros estados. Por alguns anos, tentei ajudar como pude a divulgar e promover a gaita dentro das minhas possibilidades, de forma bem amadora, mas sincera. Foi antes de tudo, uma época muito divertida. Recomendo a todos que tentem.
"Tive muitos problemas com a expectativa que eu criava das coisas. Se eu tivesse esperado um pouco menos de cada evento, talvez eu tivesse me divertido ainda mais." 

Bons tempos...

"O primeiro bluesmobile, que era como chamávamos a van alugada que levava vários gaitistas daqui para shows em SP. Foram 2 bluesmobiles, mas o primeiro foi mais marcante porque foi quando pudemos conhecer ao vivo e à cores as pessoas que só conhecíamos por email."

"Sobre o gaita-l, tenho saudade dos cds do gaita-l. Era outra época, então fazia sentido essa coisa de fazer um cd e mandar pelos correios. Hoje, com youtube, a velocidade ficou diferente, não existe mais a dificuldade de difundir o instrumento. Aliás, eu até diria que hoje em dia não tem desculpa para a pessoa não conhecer, pq o acesso ficou muito fácil. O problema é que o acesso de tudo ficou muito fácil e é um mundo de assuntos que disputam o interesse e o tempo de cada um."


Amizades gaitísticas...

"As amizades no gaita-l costumam ser fáceis de acontecer, porque as pessoas já começam por uma paixão em comum, então sempre se encontra muita simpatia desde o início. Isto favorece bastante as amizades. Sem contar que é um momento que cada um reserva para sua diversão, então já estão todos predispostos a se divertir."
"Me diverti muito com a coisa toda. Hoje ando meio sem tempo, com mais responsabilidades, então meu foco pessoal foi para a família e para o trabalho. Mas acho que em alguns anos, eu volto a me dedicar novamente aos assuntos gaitísticos ;-)."

"Os encontros cara-a-cara são fundamentais, especialmente quando começam a surgir pequenas implicâncias, que são naturais da forma impessoal da web de se comunicar. Com 1 chopp num encontro de verdade, resolve-se muito conflito e muito mal entendido. E da mesma forma, ajuda a fortalecer os laços de amizade.Acho que antes da gaita, as pessoas devem procurar cultivar as amizades, porque vale a pena."

domingo, 26 de agosto de 2012

Novos exercíos sobre Vamping

Mais um exercício da técnica Vamping. Para uma melhor compreensão, assista aos vídeos anteriores, Tongue Blocking, Oitavada, Vamping e Tongue Flutter. Neste novos exercício, a técnica é aplicada a progressão Blues de 12 compassos, o resultado final pode ficar bem interessante. Quando ficar fluente, use estes fraseado na improvisação. Bom estudo!


Visite o canal do curso no Youtube: https://www.youtube.com/user/xharmonica



sábado, 25 de agosto de 2012

Audio Aula Blues a 3 Gaitas

Junte seus amigos gaitistas para tocar este som! A partir daí crie novas idéias e pratique sempre. Tocar em grupo é um aspecto super importante para o estudo de qualquer instrumento. Divirta-se!

Audio Aula Blues a 3 Gaitas

Bom estudo!



quinta-feira, 23 de agosto de 2012

Um conceito musical fundamental!

Para qualquer área do conhecimento, existem aqueles conceitos que formarão o alicerce que permitirá ao estudante  compreender todos os outros. São idéias que não se pode deixar para trás, pois sem elas o que há por vir não fará sentido, será incompreensível. Na música, para o entendimento de coisas básicas como: a construção de escalas e acordes, a transposição de tonalidades, o desenvolvimento da percepção harmônica e melódica, entre tantas outras coisas - dependem do conhecimento dos Intervalos Musicais.

Assista ao vídeo para dar início à compreensão destas idéias tão importantes da teoria musical!



segunda-feira, 20 de agosto de 2012

Notas importantes

Assista o vídeo com exemplos de exercícios para você assimilar notas importantes para a improvisação Blues. No final do vídeo você poderá executar os exercícios junto com a jam track enquanto visualiza os acordes e as notas da gaita. Uma boa maneira para começar a improvisar mais consciente e não soar repetitivo em seus solos.



sexta-feira, 17 de agosto de 2012

Efeito com a língua: Tongue Flutter

On-off, ou Side by side, qual é mais fácil para você? Assista ao vídeo sobre o efeito Tongue Flutter e descubra:





segunda-feira, 13 de agosto de 2012

A Língua e a Gaita: Embocadura Tongue Blocking

Quem não toca gaita não vê e nem imagina quantas coisas acontecem na cavidade bucal do gaitista. Enquanto executa os bends, afina e timbra as notas e, é claro, usando o tongue blocking, a língua não para quieta. Ela é um músculo que faz movimentos complexos que acontecem na maioria das vezes por reflexo, para os quais não atentamos, seja quando falamos, comemos, bebemos, beijamos e tudo mais. Para o gaitista a história é diferente, ele deve tomar consciência destes movimentos para fazer malabarismos pouco usuais nas tarefas cotidianas da língua.

A Embocadura Tongue Blocking, ou Embocadura de Bloqueio com a Língua, é técnica quase que fundamental para aqueles querem tocar Blues e desejam soar como uma boa parte dos gaitistas das antigas. Mesmo que já use outras embocaduras, a mescla com esta, abre portas para novas sonoridades no instrumento.

Aprenda com o vídeo abaixo:




quinta-feira, 9 de agosto de 2012

Efeitos de Concha

Alguns dos primeiros efeitos que se aprende na gaita são estes feitos com a mão. São muito característicos do instrumento. Para aprende-los, basta começar a aplicar no seu repertório. Comece a reparar na diferença de timbre entre a concha fechada e aberta, faça isso em notas longas. Varie a forma como abre a mão, pois não existem regras. Lembre-se que você está atrás da saída de som da gaita, por isso escutará menos contraste entre a mão aberta e fechada, do que quem estiver na frente. Grave seu som, este é um ótimo hábito para quem está aprendendo a tocar um instrumento musical. Por fim, aplique os efeitos nas músicas que você toca com mais facilidade, a partir daí, eles irão se tornar orgânicos e você não precisará de muito esforço para que eles apareçam em sua música. Este vídeo poderá ajudar.







terça-feira, 7 de agosto de 2012

Vamping, uma técnica muito intrigante...

Fazer auto-acompanhamento na gaita é possível. A disposição de notas da diatônica facilita a execução de acordes pertinentes às tonalidades de G e C (exemplos para gaita em C), sendo assim, com uso da língua, ou melhor, da embocadura de bloqueio com a língua, é possível intercalar notas únicas e acordes. A língua exerce a função rítmica enquanto tapa e libera os acordes. A técnica foi intensamente usada no Blues Tradicional, foi difundida por muitos gaitistas nos anos de 1950, entre eles está Big Walter Horton, com timbre super encorpado, recheado de intervalos simultâneos (várias notas tocadas ao mesmo tempo). O Vamping confere ao instrumento um som inconfundível.

Aprenda a técnica, assista ao vídeo até o fim e comece agora mesmo a tocar usando o Vamping!



sábado, 4 de agosto de 2012

Aprenda Todos os Bends Aspirados

Abaixo você verá uma ordem para o estudo de cada orifício que poderá ser seguida ou não, é apenas uma sugestão. Juntos seguem os respectivos vídeos que poderão auxiliar esse estudo. Recomendo o uso de um afinador cromático para conferir e aprimorar a afinação e sustentação dessas notas. Existem vários afinadores gratuitos online na rede, basta procurar por online chromatic tuner.


Bends no 1 (C#), 4 (C#) e 6 (Ab):

Bend no 3 (Bb, A, Ab), a princípio concentre-se no Bb:


Bend no 2 (F#, F), a princípio concentre-se no F:

Bom estudo!

sexta-feira, 3 de agosto de 2012

Nível Pré-Intermediário I

No mais novo Nível publicado, lições sobre a técnica das oitavadas, exercícios práticos de improvisação, mais riffs de Blues e o Blues Didático 3, tudo com áudio. Estude, vale a pena!


quinta-feira, 2 de agosto de 2012

Improviso básico

Ouça muitos Blues, apreenda o gingado, o sotaque, conheça de cor e salteado a escala blues e os arpejos dos acordes do blues de 12 compassos: esse é o básico para se iniciar na improvisação. Assista ao vídeo com sugestões de exercícios práticos: Blues em G, para solar em uma gaita em C.


quarta-feira, 1 de agosto de 2012

O Conceito de Posições

Se você estuda gaita, na certa já se deparou com o termo: Cross Harp Position ou Segunda Posição. Talvez tenha ouvido falar também da Primeira ou Terceira posições... Afinal, do que se trata e para que serve? Assista ao vídeo, é bem provável que você comece a se questionar mais a respeito deste tema, que as vezes parece simples, mas pode dar muito "pano pra manga"!


domingo, 29 de julho de 2012

Analisando Sonny Boy

Ja pensou em verificar a origem harmônica das notas usadas nos solos de Sonny Boy?
Neste vídeo, o primeiro solo da música "All My Love In Vain" vai ao divã, com explicações que podem ajudar estudantes de gaita, a tornar mais conscientes a escolha das notas na hora do improviso.


quarta-feira, 25 de julho de 2012

O Discurso Blues

Improvisar é compor uma melodia instantaneamente! Para que o resultado final soe interessante, o todo deve ser mais que a soma de frases, deve ter um enredo, contar uma história, soar como um discurso Blues!


domingo, 22 de julho de 2012

Improvisação Blues

O novo nível publicado, Iniciante IV, trás os primeiros passos para a improvisação, um dos aspectos mais interessantes da música. A composição instantânea e espontânea, é um grande desafio para o estudante e deve ser encarado com calma. A audição é super importante para a aquisição da linguagem do estilo que se quer aprender, neste caso o Blues. É preciso interiorizar vários elementos musicais, como: rítmica, clichês, progressão harmônica, riffs, escalas, padrões, arpejos, entre outros, para que aos poucos eles apareçam também na melodia do estudante. Não se deve criar expectativas de que logo de início o som saia como se espera, a aquisição destes elementos é um processo relativamente demorado. O mais importante no início é curtir este fazer musical, até que se torne natural criar melodias de momento. Estude, ouça, brinque...

Bom estudo!

quinta-feira, 19 de julho de 2012

Novo recurso para o curso de gaita

Agora o curso também terá áudio aulas para auxiliar no aprendizado. A diversidade de recursos disponíveis é uma característica do curso Gaita Campinas, que conta com:

- lições com áudio
- textos
- vídeos
- gráficos animados
- cifras e partituras
- e muito mais...



Tudo gratuito, conte para seus amigos que querem aprender gaita!!

sábado, 14 de julho de 2012

Limpe sua Gaita!

De tempos em tempos, crostas formadas pela poeira e umidade, começam a aparecer na borda dos orifícios e também na parte interna da gaita. O zinabre também aparece nas partes de latão. Quando nos sentimos incomodados e a gaita começa a entupir ou travar com maior frequência, é hora da limpeza! Saiba como fazer isso:


sexta-feira, 13 de julho de 2012

Os três semitons do Bend no 3

O 3é o orifício que tem mais notas na gaita, é um dos mais difíceis de ser dominado. O grande desafio aí, é manter a afinação e o timbre do bend equilibrados em relação as outras notas da gaita.


Visite o nível Iniciante 3, assista ao novo vídeo que explica a técnica para alcançar todas as notas deste orifício.

terça-feira, 10 de julho de 2012

Mais vídeo-aulas no curso de gaita

Foram adicionados mais vídeos ao curso de gaita. Os videos complementam as aulas, auxiliam na execução e melhor aproveitamento das lições. Podem ser usados por professores que querem enriquecer seus próprios cursos.

Eles também sugerem novos exercícios e explicam diversos conceitos da teoria musical. Assista aos vídeos, leia os textos dinâmicos, invista algum tempo estudando os gráficos animados, escute e toque as lições, escute outros gaitistas, esse é o caminho!

Bom estudo!!

sábado, 7 de julho de 2012

Procura um professor de gaita?

Faça aulas de gaita online com Fernando Xavier pelo skype,  facebook ou google talk. Material didático gratuito!

Obtenha um feedback confiável a respeito do seu desenvolvimento. Aprenda teoria,  leitura,  improvisação blues e outros estilos. Foque-se naquilo que mais lhe interessa.

Informe-se sobre o valor da mensalidade ou aula avulsa:

gaitacampinas@gmail.com

quarta-feira, 4 de julho de 2012

O Blues chegou!

A partir do nível Iniciante III,  o Blues é o tema principal,  mas ainda estamos apenas no aquecimento... O estudante de gaita ja tem alguns riffs e dois "Blues Didáticos",  que fazem sucesso em meu curso presencial.  Ai está...

Bom estudo!

segunda-feira, 2 de julho de 2012

Mais um nível para estudar

O nível Iniciante II já está disponível! Até este ponto, o curso já tem 40 lições com áudio. Logo haverão mais vídeos e novos níveis, assim estudantes em diversos graus de desenvolvimento na gaita poderão utilizar os recursos didáticos deste curso. Acompanhe!!

sábado, 30 de junho de 2012

Introdução publicada

O iniciante que nunca se quer pegou em uma gaita,  agora poderá começar o curso com tranquilidade. O método é super fácil de entender, voltado para a prática, sem deixar de lado aspectos importantes da teoria musical. A Introdução do curso conta com recursos audiovisuais que tornarão o estudo acessível e prazeroso.

Se você já toca, compartilhe com seus amigos. Aguarde os próximos níveis,  em breve, mais gaitistas poderão aproveitar da didática deste curso online para melhorar suas habilidades com o instrumento e conhecer mais sobre a música.

Bons estudos!!

sexta-feira, 29 de junho de 2012

Nível Iniciante I

O Nível Iniciante I do curso de gaita deste blog foi publicado. Para quem for acompanhar, recomendo que as escalas e músicas sejam escutadas e tocadas repetidas vezes. Dedique alguns dias a este nível antes de seguir adiante.

Bom estudo!!

sexta-feira, 22 de junho de 2012

Aprenda a tocar GAITA!!

Se voce é de Campinas e região e se interessa por gaita, tem a chance de fazer um curso completo no qual aprenderá:

•técnicas do instrumento

•efeitos

•improvisação

•teoria e leitura musical

•blues, pop, rock, bossa nova, jazz, mpb, country, sertanejo...

Quer saber mais? Entre em contato. Para conhecer meu currículo visite meu perfil.